All fields are required.

Close Appointment form

DICAS

Um dos fatores mais importantes para determinar a acurácia e a confiabilidade do seu teste laboratorial e a sua participação como paciente. Afinal, e uma amostra do seu corpo que será usada para realizar o teste (sangue, urina ou outra amostra). Por isso, e importante que você siga os passos abaixo para garantir que os resultados serão úteis e interpretados corretamente pelo médico:

– Siga as instruções fornecidas pelo laboratório ou por seu médico para se preparar para testes específicos (se existirem);
– Caso não tenha seguido exatamente as instruções, alerte a pessoa que estiver coletando a amostra e explique o que você fez;
– Informe seu médico sobre quaisquer medicamentos (incluindo vitaminas, suplementos e componentes da alimentação que possam estar em quantidades diferentes do normal) que você possa estar tomando, assim como sua alimentação na véspera da coleta. Se você estiver tomando medicamentos prescritos (indicados) pelo médico, anote quando tomou a última dose e o horário da coleta da amostra para o exame. Estas informações serão úteis para o médico se existir alguma dúvida sobre os resultados dos exames.

Algumas situações podem afetar os resultados de determinados testes, como exercício excessivo ou recente, desidratação, alimentação exagerada ou atividade sexual recente. Para alguns testes, podem pedir que você suspenda temporariamente essas atividades.

Muitos testes não exigem uma preparação especial. Mas para aqueles que necessitam tome todos os cuidados para seguir as instruções fornecidas. Se tiver qualquer dúvida, pergunte ao médico ou ao laboratório. Caso não lhe digam nada, pergunte se existe algum preparo especial para os exames que fará. Há laboratórios que entregam essas informações por escrito. E importante seguir as recomendações do seu médico e do laboratório, já que elas podem variar para alguns exames, dependendo do método utilizado pelo laboratório ou, até mesmo, da suspeita clínica.

Alguns dos tipos mais comuns de preparação incluem jejum (não comer nada ou não ingerir determinados alimentos) por várias horas antes do teste. Há exames em que é necessário aumentar ou diminuir a ingestão de líquidos por 10 a 12 horas antes. Existem alimentos ou medicações que interferem nos resultados de um teste e, por isso, devem ser evitados. Ou, ainda, pode ser necessário não fumar ou, até mesmo, não beber seu chá de ervas favorito. Quando você mesmo coletar uma amostra em casa (como urina ou fezes), será preciso seguir alguns procedimentos para transportar essas amostras de casa ao laboratório.

Exemplos de alguns testes laboratoriais comuns e a preparação necessária:

– Glicemia de jejum, tolerância a glicose, glicemia pós-prandial: pode ser necessário manter jejum ou fazer algumas refeições em horários especificados.
– Pesquisa de sangue oculto fecal: devem ser evitados determinados alimentos e/ou medicações que podem interferir em alguns testes.
– Lípides séricos (triglicerídeos, colesterol etc.): normalmente e necessário jejum por 9 a 12 horas.

Não podemos deixar de mencionar que, com os testes laboratoriais, assim como com os demais aspectos do cuidado a saúde, é fundamental que você seja aberto e honesto com seu médico e com os demais profissionais de saúde que o atenderem. Do mesmo modo que e importante fornecer seus dados pessoais e informações médicas, além de sua historia familiar, você também deve relatar quaisquer desvios das instruções de preparo e/ou medicações que foram utilizadas na época da realização do teste, já que estas podem afetar os resultados. Também podem lhe perguntar se ingeriu bebidas alcoólicas e se fumou. Ao dar informações completas e precisas, você contribui para aumentar a confiabilidade dos seus exames laboratoriais.

Fonte: www.labtestsonline.org.br/understanding/features/test_prep.html

Informações Importantes

Os exames de laboratório visam estudar os componentes do organismo nas condições habituais de vida da pessoa. Mudanças radicais de dieta, ingestão alcoólica, exercícios, sono e outros na véspera de exames de laboratório podem prejudicar a interpretação dos mesmos.

Procure fazer seus exames de forma metódica, de preferência sempre no mesmo laboratório e horário, com a mesma dieta e hábitos pessoais. Assim a variação sera menor.

É aconselhável que os exames ACTH Cortisol sejam coletados até 2 horas após o horário habitual de acordar. E, os exames de ferro e cálcio devem ser colhidos no período da manhã.

Informe ao laboratório todos os medicamentos que usa, mesmo os mais banais e vendidos sem receita. Para ajudar você a se lembrar dos nomes corretos, leve com você as receitas médicas ou as embalagens. Evite usar vitamina C ou medicamentos que a contenham desde o dia anterior a coleta. Quando em dúvida, não faça a coleta do material. Comunique-se com o laboratório.

O laboratório conta com a sua colaboração para a realização de seus exames com a maior confiabilidade possível.

Jejum

Jejum para exames de laboratório significa que a pessoa deve ficar sem ingerir alimentos de qualquer tipo durante um número de horas antes da coleta (determinado de acordo com cada exame). É permitida a ingestão de água e de medicamentos de uso contínuo.

Só o seu médico pode suspender medicações. Bebes e crianças pequenas devem fazer o jejum máximo de acordo com a sua dieta e realizar a coleta imediatamente antes da próxima alimentação.

Jejum obrigatório de 12 horas
Apolipoproteínas, Colesterol Fracionado, HDL Colesterol, Lipoproteína(a), Perfil Lipídico, Triglicerídeos.

Jejum obrigatório de 8 horas
Cálcio, Ferro, Glicose, HGH, Insulina e Saturação

Jejum obrigatório de 4 horas
Ácido Fólico, Ácido Úrico, Aldolase, Amilase, Creatinina, Fosfatases, Fósforo, YGT, PTH, Prolactina, PSA, Transferrina, Hemograma, TSH, VDRL e exames sorológicos e de coagulação (PT e PTTa) em geral.

Demais exames:
Consultar o laboratório.

Reações a coleta de exames de sangue

Durante ou após a coleta de exames, podem surgir reações indesejáveis, que o laboratório não consegue evitar completamente e que não são possíveis de se prever. Comunique imediatamente ao laboratório qualquer mal-estar ou alteração que notar. A ocorrência mais frequente após a coleta de sangue e o “hematoma” (mancha roxa), causado por um acúmulo de sangue, saindo da veia durante ou após a coleta, sob a pele. Evite isto comprimindo bem o local por cinco minutos e não faça força muscular no braço no dia da coleta. Caso aconteça, use compressa fria durante as primeiras 24 horas e compressa morna do segundo dia em diante até não sentir mais desconforto. Pode-se também ingerir o analgésico comum de costume caso haja dor excessiva. O hematoma desaparece em poucas semanas e geralmente não traz problemas maiores.

Caso a ocorrência de um hematoma preocupe você, entre em contato com o laboratório.