All fields are required.

Close Appointment form

Janeiro Verde e o câncer de colo de útero

  • Home
  • Janeiro Verde e o câncer de colo de útero
Janeiro Verde e o câncer de colo de útero

Janeiro Verde: mês de combate ao câncer de colo de útero

O câncer de colo de útero é o terceiro mais frequente entre as brasileiras e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Quanto mais cedo for diagnosticado, maiores são as chances de cura. Por isso, a campanha do Janeiro Verde alerta para que mulheres se atentem para prevenção e detecção precoce do câncer de colo de útero

Este tipo de câncer é causado pela infecção persistente de alguns tipos de papilomavírus humano (HPV). Existem mais de 200 tipos de HPV, sendo 18 deles os de alto risco, ou seja, que podem levar ao desenvolvimento de câncer, tanto cervical como de cabeça e pescoço. A infecção genital por HPV é muito frequente, sendo os tipos 16 e 18 os mais incidentes nos casos de câncer de colo de útero.

Mesmo sem sintomas, é indicado que todas as mulheres realizem periodicamente o exame preventivo (Papanicolau). Com o diagnóstico em fase inicial, as chances de cura são de 100%. Apesar do exame ser gratuito no Sistema Único de Saúde e coberto também pelos planos de saúde, 52% das mulheres brasileiras não realiza o exame preventivo, segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC).

O Papanicolau detecta alterações citopatológicas a partir do raspado celular, contudo, não identifica o vírus HPV em si.

Para isso, é possível realizar o teste molecular que identifica a presença do DNA do HPV, e o mais importante: se o tipo de vírus presente é de baixo ou alto risco oncológico.

Dicas:

Por que fazer este exame?

O exame é útil na para triagem de infecções por papilomavírus humano (HPV) associadas com câncer de colo do útero ou para complementar um teste de Papanicolaou anormal. Em alguns casos o Papanicolaou pode estar normal, e a mulher apresentar infecção por HPV de alto risco3. Pode ser indicado para detectar infecções do HPV em homens, que podem estar associadas a câncer anal ou peniano.

Quando fazer estes exames?

– Mulheres a partir de 30 anos de idade mesmo com um teste de Papanicolaou normal;

– Mulheres a partir de 21 anos de idade com um teste de Papanicolaou anormal;

– Homens com alto risco de infecção por HPV;

– a cada 5 anos.

A pesquisa de DNA do HPV não é recomendada em geral em mulheres com menos de 30 anos porque a infecção é muito comum e com frequencia se resolve sem tratamento e sem complicações. Entretanto, achados citológicos alterados no Papanicolaou podem indicar a necessidade de exames adicionais.

É necessária alguma preparação?

Mulheres não devem usar duchas ou fazer banhos de imersão antes da coleta. O exame deve ser transferido se estiverem menstruadas. O médico pode pedir que a paciente evite ter relações sexuais nas 24 ou 48 horas anteriores, e esvazie a bexiga antes do exame.

Existe alguma limitação do exame?

Resultados negativos significam que uma infecção é improvável. Em todos os casos negativos, deve ser considerada a aplicação da vacina para HPV. Porém, todo exame laboratorial tem suas limitações, e um resultado aparentemente incompatível com a apresentação clínica deve ser discutido entre o laboratório e o médico que solicitou o exame. O uso de cremes ou pomadas pode ocasionar resultados falso negativos.

Quanto custa fazer estes exames?

Este exame é aceito pelos principais convênios e planos de saúde. Além da pesquisa do HPV, Você também pode solicitar ao seu médico a realização do Exame Preventivo de Colo de Útero (Papanicolaou) no Laboratório Santa Isabel, através da técnica chamada Citologia Líquida.

Entre em contato diretamente conosco, e lhe passamos todas as informações: laboratorio@santaisabel.com.br

.

Fontes:

1. https://www.labnetwork.com.br/noticias/janeiro-verde-mes-de-combate-ao-cancer-de-colo-de-utero/

2. https://labtestsonline.org.br

3. Clin Exp Obstet Gynecol. 2008;35(3):175-8.

  • Share This

About the author

Caio Cordova

Responsável Técnico Laboratório Santa Isabel

Related Posts

There are currently no articles related to this post.